A Maldição na Residência Hill – Teoria revela o que cada irmão representa na série

Os piores fantasmas estão dentro da nossa cabeça.

A série de terror dramático A Maldição na Residência Hill da Netflix tem conquistado multidões de fãs em todo o mundo. A carga emocional e o terror psicológico obrigam o fã a maratonar e depois sofrer as consequências (lê-se pesadelos) com os monstros que atormentam a residência Hill (e eles não são só sobrenaturais).

Conforme a série vai ganhando fama, novas camadas e segredos vão sendo descobertos e mais se revela que ela não é exatamente o que parece e se afasta cada vez mais do clichê. A mais nova constatação que explodiu cabeças foi compartilhada por um usuário do Tumblr que percebeu que cada irmão representa um estágio do luto.

Os irmãos são o ponto central da série e cabe à eles mostrar que não só a casa era assombrada, mas eles mesmos. Afinal, os fantasmas são apenas ecos do passado, lutando para existir. Mas, aparentemente, os irmãos são mais que isso, eles simbolizam negação, raiva, barganha, depressão e aceitação, fases que uma pessoa naturalmente passa ao perder um ente querido.

Seguindo a ordem de nascimento e das fases do luto, nos é apresentado:

Steven, como a negação

Steven (Michiel Huisman) foi o irmão que mais apresentou problemas em aceitar o que tinha acontecido na casa e não acredita que o sobrenatural exista. Ele ainda faz mais: ganha dinheiro explorando uma história que acredita ser mentira, mas a vende como verdade. Afinal, é mais fácil aceitar a realidade dentro de um livro do que na sua própria vida.

Shirley é a raiva

Shirley (Elizabeth Reaser) é uma controladora nata, portanto quando as coisas fogem ao seu controle e parecem não fazer sentido, ela fica com raiva. Shirley também sente muita raiva do pai, por não ter explicado o que aconteceu com a sua mãe, do irmão por ter escrito o livro e exposto a família e de Nell, pelo o que ela acredita que a irmã fez.

Theo representa a barganha

Theo (Kate Siegel) aceita o que acontece na casa, principalmente por causa dos “poderes” que ela ganha. Após sentir tanto mal no mundo, ela promete ser uma pessoa melhor, ajudar o próximo. Mas ainda assim, Theo se encontra tão machucada que se afasta de todos, percebendo que assim ninguém poderia magoá-la.

Luke é a depressão

Luke (Oliver Jackson-Cohen) é, com certeza, o que foi mais afetado pela casa. Ele se afunda no vício para fugir da sua própria realidade e dos fantasmas que ainda o acompanham. Luke é também o que mais sofre após os acontecimentos com a irmã gêmea e se encontra em um estado de fragilidade constante.

E, finalmente…

Nell representa a aceitação

Nell (Victoria Pedretti), quando criança, sempre acreditou em Luke. Para ela, é fácil aceitar que o sobrenatural existe e que, provavelmente, nem tudo o que aconteceu na residência Hill será explicado. Ainda que passe muito tempo sendo assombrada pela “Mulher do pescoço torto”, ela é a primeira que realmente enfrenta a casa e acaba aceitando o seu destino.

As relações entre os irmãos e as fases do luto parecem fazer total sentido e apenas confirmam que a série não é apenas um terror sem profundidade. A Maldição na Residência Hill sutilmente apresenta, de forma perturbadora e inteligente, assuntos muito mais profundos e mostram que os piores fantasmas estão dentro da nossa cabeça.

Peixe de Segunda: 5 Filmes Trash para ver acompanhado

Um belo motivo para ficar em baixo do edredom

Nada melhor do que aquele friozinho, um cobertor, um filme de terror bem trash e uma boa companhia. ( ͡° ͜ʖ ͡°)
Aproveitando que o dia dos namorados está chegando, a Baleia Geek separou 5 filmes clássicos do terror trash que vão te deixar colado com o crush.

1 – A Morte do Demônio (The Evil Dead) – 1981

evildead
Quando me convidam para comer de graça

Ashley e um grupo de amigos vão para uma casa na floresta em busca de uma noite de diversão. Lá, encontram um velho livro que, quando lido em voz alta, desperta a morte. Os amigos acabam libertando uma corrente de demônios e agora terão que lutar por suas vidas ou acabarão como um deles.

BONUS: O clássico não está disponível na Netflix, entretanto a nossa querida plataforma de streaming conta com a primeira temporada da série Ash Vs The Evil Dead, que tem o enredo em volta do carismático e escrachado personagem principal, 30 anos depois dos acontecimentos do primeiro filme.

2 – O Ataque Dos Vermes Malditos (Tremors) – 1990

tremors
Você vai ficar um tempo sem comer macarrão

Perfection é uma pequena vila isolada no meio do estado de Nevada onde, indo de encontro à calmaria costumeira, passa a sofrer uma série de abalos sísmicos estranhos. Para investigar as vibrações a estudande de sismologia Rhonda instala aparelhos no deserto. É quando dois trapaceiros, Val e Earl, descobrem que embaixo da cidade está uma ninhada de vermes gigantes e fedorentos, com tentáculos na boca e que se movem sob a terra em alta velocidade. Acuada pelas criaturas, os habitantes da cidade se unem para encontrar uma solução e eliminá-los.

O longa está disponível na Netflix.

3 – O Ataque dos Tomates Assassinos! (Attack of the Killer Tomatoes!) – 1978

tomates assassinos
Não mexe com minhas compras

A situação está saindo do controle em uma área experimental do departamento de agricultura, e tomates estão atacando as pessoas. Em um primeiro ataque, uma dona de casa desamparada é atacada em uma cozinha. A polícia começa a investigar e faz uma constatação impressionante: Não é sangue, é suco de tomate. Os tomates crescem indefinidamente e atingem circunferências enormes: atirar com espingardas e outras armas de fogo já não adianta mais.

4 – A Mosca (The Fly) – 1986

thefly
Impactada com o babado

O cientista Seth Brundle testa uma máquina de teletransporte de matéria e inadvertidamente permite que uma mosca entre na câmara junto com ele. Quando se dá a reintegração, o DNA de Seth funde com o do inseto, dando início a uma perigosa mutação genética.

5 – A Noite Dos Mortos Vivos (The Night of the Living Dead) – 1968

nightoftheliving.gif
Chegando do rolê

A radiação provocada pela queda de um satélite faz com que os mortos saiam de suas covas como zumbis comedores de gente, fazendo com que um grupo de pessoas refugiados em uma casa tenham que lutar pela sobrevivência contra uma horda sedenta de carne e sangue.

***

“Peixe de Segunda” é a coluna da Baleia para tratar de temas não convencionais dentro da cultura pop e do universo geek.