Star Trek: Spock de Discovery será bem diferente

Desde que foi anunciado que Spock, um dos personagens mais queridos da cultura nerd, apareceria na segunda temporada de Star Trek: Discovery, os fãs ficaram muito animados (e um pouco temerosos) sobre como o personagem seria representado na série da Netflix.

Agora, em uma entrevista ao site TV Guide, o showrunner da série, Alex Kurtzman, avisou: Spock será muito, muito diferente e ainda assim consistente como personagem que conhecemos.

 “Não é exatamente o Spock que conhecemos na série original. Existe muita história para Spock antes dele se tornar o que conhecemos, aquele que é o oposto de Kirk. O que estou tão animado é sobre como teremos uma oportunidade de mostrar Spock de um jeito totalmente consistente com o Spock que todos conhecem, mas ainda muito, muito diferente. E tudo vai ser amarrado com o cânone.”

A aparição de Spock na segunda temporada será relacionada à sua irmã adotiva, Burnham (Sonequa Martin-Green). Ainda foi prometido que será explicado o porquê de Spock nunca ter falado sobre sua irmã durante seu tempo na USS Enterprise.

“Nós vamos ver muito coisa sobre eles. Eu acho que como todo irmão ou irmã, há amor. Tem muita coisa guardada. Por isso é tão legal explorar essa relação, tem muitas complicações que podemos trazer à tona.” Revelou o produtor executivo Heather Kadin.

Ainda não foi anunciado quem interpretará Spock, mas o trailer já revelou quem será o Capitão Pike (capitão da USS Enterprise antes de Kirk).

Confira:

Star Trek: Universo da icônica série vai ser expandido pela CBS

As novas séries e mini-séries devem chegar até 2023.

A CBS, responsável por Star Trek: Discovery, e a Secret Hideout, chefiada por Alex Kurtzman, fizeram um acordo que garante à expansão do universo pela produtora por mais 5 anos. Entre as produções em desenvolvimento estão: novas séries, mini-series e outros conteúdos variados, como animação.

A Variety afirmou que as seguintes séries já estão em desenvolvimento:

  • Uma série sobre a Academia da Frota Estelar. Comandando o projeto estão Stephanie Savage e Josh Schwartz que são responsáveis pelas séries Dynasty (CW) e Runaways (Marvel e Hulu).
  • Uma série sujo conteúdo ainda é um mistério.
  • Uma mini-série baseada na história de Khan.
  • E uma série animada que não se tem maiores informações.

Kurtzman supervisionará todos os projetos para que a franquia tenha coerência. A CBS se recusou a comentar ou confirmar sobre qualquer projeto específico.

No momento, a única série de Star Trek que está no ar é Discovery, que no Brasil é transmitida pela Netflix. No cinema, Star Trek 4 e um longa roteirizado por Quentin Tarantino devem estreiar em breve.