Pôster chinês de Vingadores: Ultimato reúne personagens vivos e mortos do filme

Cartaz chinês também levantou teoria dos fãs

O mais recente pôster chinês do próximo filme dos Vingadores apresenta os personagens que ainda estão vivos, mas também os que morreram no estalar de dedos de Thanos. Confira abaixo:

vingadores

Uma característica interessante de se notar é que Loki (Tom Hiddleston), não está presente entre os personagens que morreram. O que leva os fãs a acreditarem que o irmão de Thor não irá reviver, como é esperado dos outros personagens.

Vingadores: Ultimato estreia dia 25 de abril.

Homem-Aranha: Longe de Casa ganha primeiro trailer

O trailer de um dos filmes mais esperados de 2019, Homem-Aranha: Longe de Casa, foi divulgado pela Sony Pictures. Nele podemos ver o teioso tentando derrotar os Elementais com a ajuda de Mystério (Jake Gyllenhaal), vilão clássico do super herói, além do início do romance de Peter Parker (Tom Holland) com M.J. (Zendaya).

Quem estava esperando que o trailer desse alguma indicação do que poderia acontecer em Vingadores: Ultimato, ficou decepcionado: a única coisa revelada é o que já sabíamos, que personagens que foram dizimados por Thanos estão vivinhos da silva. O trailer mostra não só Peter, mas também Nick Fury (Samuel L. Jackson), que teve tempo apenas de chamar a Capitã Marvel (Brie Larson) antes de virar pó.

Foram lançados dois trailers com cenas e montagens diferentes. Confira:

 

 

Homem-Aranha: Longe de Casa chega aos cinemas brasileiros dia 5 de julho de 2019.

 

 

Primeiro trailer de Capitã Marvel é lançado

Após muita espera e ansiedade dos fãs, o primeiro trailer de Capitã Marvel foi lançado hoje, 18/09. Confira abaixo:

 

Brie Larson estrela o longa, que possui direção de Anna Boden e Ryan Fleck. Samuel L. Jackson e Clark Gregg retornam como Nick Fury e Phil Coulson, respectivamente, além de contar com Jude Law no papel de Mar-Vell. A previsão de estreia é para 07 de março de 2019.

Review: Marvel’s Spider-Man é o jogo definitivo do Aranha

Após alguns acertos aqui e vários erros ali, finalmente temos um jogo que irá agradar tanto aos fãs mais devotos como aqueles que querem apenas uma diversão casual. Venha conferir conosco o que achamos da empreitada Sony/Marvel no PS4.

Ambientação

A Nova York da Marvel é incrível! Uma cidade viva, com eventos acontecendo a todo momento. As pessoas interagem umas com as outras e reagem à presença do Homem-Aranha. Seja de manhã, ao entardecer ou de noite, cada momento do dia tem o seu charme e garante visuais deslumbrantes. Os gráficos são um dos mais realistas desta geração, o que ajuda na crença de que mesmo com suas individualidades, o mapa foi baseado em um local real.

E falando em tais individualidades, é muito legal poder balançar para todos os lados e visitar locações como a Torre dos Vingadores (você desbloqueia um troféu por visitar o topo deste lugar) ou o Sanctum Sanctorum. Além do escritório de advocacia de Matt Murdock. Mas como apenas passar por lá não é o bastante, o game ainda conta um objetivo de tirar fotos destes e de outros lugares famosos de Manhattan. E fazendo isto, você ainda coleciona tokens que ajudam a melhorar seus trajes e equipamentos.

Contudo, algo no game que pode tirar o jogador da imersão é a dublagem. Esta não é necessariamente ruim, mas em alguns momentos chave a falta de sincronização é evidente, além de que em determinado momento épico das cutscenes tivemos um problema sério com o áudio. Os efeitos sonoros pararam de ser reproduzidos, apenas as vozes e a música continuaram. Coisas como o som de socos ou o teioso balançando de um lado para o outro não puderam ser ouvidos. Tal problema foi arrumado quando mudamos a língua do console para inglês. E aí está outro problema, a língua falada segue o idioma do PS4, sem a possibilidade de troca. Além do nome dos personagens não terem sido transpostos para o português. O Rei do Crime não é o Rei do Crime, mas sim o Kingpin. Uma decisão curiosa, no mínimo…

Marvel's Spider-Man_20180909174548

Jogabilidade

O maior problema de Spider-Man é ter vindo depois da série de jogos Batman: Arkham. Claro que o game do cabeça de teia possui suas próprias características, mas ainda não consegue competir com Arkham Asylum e os outros. Vários comandos envolvem apertar e segurar um determinado botão, o que em certos momentos é pouco responsivo e pode fazer você perder um combo de 200 acertos, como aconteceu conosco. Porém, de um modo geral, ainda é bastante divertido, e as finalizações de inimigos apesar de serem poucas, são visualmente deslumbrantes.

Já a movimentação pela cidade é espetacular! O foco da Insomniac em fazer o jogador estar sempre em movimento, sem desacelerar é notável. Em alguns raros momentos ficávamos travados, mas isto era devido a falta de prática, não a um gameplay mal desenvolvido. Uma dica que já podemos adiantar, adquira a habilidade de fazer manobras enquanto viaja com a teia, você ganha algum XP e de quebra é bastante divertido ficar rodopiando para todos os lados. E falando em viajar, o modo viagem rápida está presente no game, porém recomendamos que a use apenas para receber um troféu disponível e assistir as animações que são bem engraçadas.

Marvel's Spider-Man_20180909174811

História

Uma história perfeita! É isto que temos a dizer. Quando os desenvolvedores não tem que que ficar presos ao enredo de um filme para criar o jogo, o resultado é nitidamente outro.

Aqui temos um Peter há 8 anos como o Aranha e já possui uma vasta gama de inimigos. O primeiro deles é Wilson Fisk, que cumpre bem o seu papel na trama, mesmo sendo derrotado no começo do jogo, é a prisão dele que desencadeia todos os próximos eventos. Além dele temos também Electro, Shocker, Abutre e muitos outros. Não iremos entrar  em detalhes para não estragar a surpresa, mas se você quer vilões, este jogo entrega.

Mas nem só de inimigos é feito um bom herói. Algo interessante adicionado foi a possibilidade de jogar com Mary Jane e Miles Morales. Estes dois possuem uma pegada mais furtiva, e nem por isso o clima de tensão cai quando os controla. Várias pessoas tinham suas dúvidas sobre o uso de tais personagens, nós inclusive. Porém, nenhum dos nossos medos se concretizou.

Outro tópico bem legal do game, as skins. Aqui elas não são apenas itens cosméticos, cada traje possui uma habilidade única que pode ser útil em determinado momento da história. Porém, tais habilidades não se limitam apenas àquela roupa. É possível usar o uniforme clássico com a skill da roupa 2099, por exemplo. Nossa dica aqui é ficar atento a quais trajes você quer adquirir, pois nem todos são desbloqueados ao decorrer do jogo ou por meio de side quests.

E falando nelas, aqui você terá muita coisa para fazer. Desde caçar a Gata Negra, até derrubar esconderijos dos capangas do Fisk. Fazendo tais missões, é possível acrescentar mais umas boas horas de jogatina, além das 20 horas já existentes da história central.

Marvel's Spider-Man_20180909175058

 

No geral, Marvels’s Spider-Man é um jogo lindo, com história impecável e gameplay igualmente bom. Recomendamos a qualquer pessoa adquirir, pois vale o investimento. Agora é aguardar a continuação, pois com o sucesso deste game ela com certeza irá acontecer, e nós agradecemos!

Nota: 9

Marvel's Spider-Man_20180909174136

The Heist: primeiro DLC de Marvel’s Spider-Man para PS4

Foi anunciado hoje, dia 3 de Setembro, o primeiro DLC de The City Never Sleeps.

The Heist, a primeira parte, contará com a participação da Mulher Gato e será lançado oficialmente no dia 23 de Outubro.

Os próximos DLCs devem sair em Novembro e Dezembro ainda deste ano.

Você pode conferir o teaser a seguir:

Spider-Man lança dia 7 de Setembro, sexta-feira, e é exclusivo para Playstation 4.

 

 

Deadpool 2: Projeto inicial teria participação de Quarteto Fantástico

O artista Alexander Lozano compartilhou em sua conta no Instagram as artes conceituais de personagens que apareceriam em Deadpool 2, entre eles está o Quarteto Fantástico. Após a saída do diretor original Tim Miller (Deadpoool), David Leitch foi contratato e os personagens não chegaram a aparecer na versão final do filme.

Nas fotos publicadas pelo artista podemos ver que o Quarteto Fantástico seria interpretado pelo mesmo elenco do fatídico reboot de 2015, dirigido por Josh Trank (Poder sem Limites). Milles Teller (Whiplash) seria o Sr. Fantástico, Kate Mara (Perdido em Marte) interpretaria a Mulher Invisível, Michael B. Jordan (Pantera Negra) como Tocha Humana e Jamie Bell (As Aventuras de Tim-Tim) seria novamente o Coisa.

Confira os personagens com seus uniformes:

 

Deadpool 2 chegou aos cinemas brasileiros em maio de 2018 e teve uma bilheteria de U$ 705 milhões em todo mundo. Esse valor grandioso garantiu que o filme se tornasse a 3ª maior bilheteria para um longa Rated-R (maiores de 18 anos), ficando atrás somente do primeiro Deadpool e Matrix Reloaded.

Guardiões da Galáxia: Elenco publica carta aberta em defesa à James Gunn

Dez dias após a Disney demitir James Gunn,  atores da franquia Guardiões da Galáxia, publicaram em suas redes sociais uma carta aberta apoiando o diretor e mostrando-se contrários à decisão da empresa.

Gunn foi demitido após postagens de anos atrás no seu Twitter com piadas sobre pedofilia e estupro serem descobertos. O diretor já havia pedido desculpas publicamente e voltou a se desculpar, mas a Disney e a Marvel optaram por tirá-lo da direção de Guardiões da Galáxia vol. 3.

Alguns atores de Guardiões da Galáxia já haviam comentado em suas redes o assunto expressando seu apoio à Gunn, entre eles estavam o ator Michael Rooker (Youndo), que saiu do Twitter após a declaração que a rede social é tóxica, Dave Bautista (Drax) e o irmão do diretor, Sean Gunn (Kraglin).

 

Outros atores, como Chris Pratt (Senhor das Estrelas) e Zoe Saldana (Gamora), também se pronunciaram, mas de uma forma mais geral, afirmando o seu amor pelos colegas do elenco.

Agora os atores decidiram que era o momento de falar oficialmente sobre o assunto e, assim, postaram em suas redes sociais uma carta aberta mostrando seu apoio à James Gunn. Confira:

“Aos nossos amigos e fãs.

Nós apoiamos totalmente James Gunn. Ficamos chocados com sua demissão abrupta na última semana e esperamos intencionalmente esses dez dias para que pudéssemos pensar e responder, orar, ouvir e discutir. Naquela época, fomos encorajados pelo coro dos fãs e membros da mídia que também desejam ver Gunn como diretor do Volume 3, e desencorajados por aqueles que foram facilmente enganados pelas teorias da conspiração que o cercam.

Estar nos filmes dos “Guardiões da Galáxia” foi uma grande honra na vida de cada um de nós. Não podemos deixar que isso passe sem expressarmos nosso amor, apoio e gratidão a James. Não estamos aqui para defender as piadas dele, mas para compartilhar nossas experiências passando tantos anos no set com ele fazendo Guardiões 1 e 2. O personagem que ele mostrou no momento de sua demissão consiste com o que ele era todos os dias no set, e suas desculpas, de agora e de anos atrás, quando se lembrou desses momentos, acreditamos que seja de seu coração, um coração que todos conhecemos, confiamos e amamos. Ao escalar cada um de nós para ajuda-lo a contar a história de desajustados que encontram redenção, ele mudou nossas vidas para sempre. Acreditamos que o tema da redenção nunca foi mais relevante do que agora.

Cada um de nós espera poder trabalhar com nosso amigo James novamente no futuro. Sua história não acabou – não a longo prazo.

Existe esse pequeno processo na corte da opinião pública. James com certeza não será a última pessoa boa a ser colocada em julgamento. Dada a crescente divisão política nesse país, é seguro dizer que casos como esse continuarão, embora esperamos que americanos fora do espectro político possam pegar leve com os assassinatos de personagens e parar de transformar mentalmente as massas em armas.

Esperamos que o que aconteceu possa servir de exemplo para que todos nós possamos entender a responsabilidade que temos com nós mesmos no que se refere ao uso de palavras escritas que são gravadas em pedras digitais; que nós como uma sociedade possamos aprender com essas experiência e, no futuro, pensar duas vezes sobre o que queremos falar; e também aprender essa capacidade de ajudar e curar ao invés de machucar o próximo. Obrigado por lerem nossas palavras.

Os Guardiões da Galáxia.”

Será que a Disney e a Marvel Studios vão ouvir os atores e milhares de fãs que assinaram à petição pedindo que James Gunn volte para Guardiões da Galáxia vol. 3?

Acionistas da Disney aceitam valor de compra da Fox por US$ 71,3 bilhões

Após negociações que começaram ano passado, aquisição está mais próxima

Após muitos meses e muitas especulações, os acionistas da Disney, em quase unanimidade, aceitaram a compra da Fox pelo valor de US$ 71,3 bilhões. A decisão foi tomada na manhã de hoje, 27/07, em uma rápida reunião em Nova York.

Quando as conversas começaram no final do ano passado, o valor inicial era de US$ 52,4 bilhões. Porém, o acordo quase foi desfeito quando a companhia Comcast ofereceu US$ 66 bilhões no mês de junho para a Fox.

As negociações entre as duas empresas devem ser finalizadas no primeiro semestre de 2019. Pois ainda há uma grande parte burocrática para ser trabalhada. Não apenas a divisão de cinema está envolvida, mas também séries e diversos programas de TV.

X-Men e Quarteto Fantástico de volta para casa

Fantastic-Four-featured

Talvez o ponto chave de toda essa conversa seja em torno da Marvel, já que a Fox detinha os direitos no cinema dos Mutantes incluindo X-Men, Deadpool e Quarteto Fantástico.

A especulação agora é que todos estes grupos façam parte do MCU, um pedido dos fãs que já é bem antigo. O qual ganhou ainda mais força depois que o Homem Aranha, nas mãos da Sony, passou a interagir com Homem de Ferro e Capitão América na telona.

Porém, não devemos ver uma junção tão cedo, já que apenas em 2019 os acordos finais serão concretizados. Após isso teremos que esperar notícias sobre um possível novo elenco nos filmes feitos pela Fox, além de todo o trabalho para se desenvolver um filme blockbuster.

 

X-Men: Fênix Negra e Novos Mutantes podem ser cancelados

_937ca1ba-31a5-11e8-a509-12b0194ead35

Com toda a comoção envolvendo os acordos entre Fox e Disney, é possível que os filmes que iriam ser lançados, não aconteçam mais. No dia 26/07, o site CosmicBookNews comentou sobre um rumor que apontava o cancelamento dos dois longas, em grande parte pela insatisfação com a qualidade dos cortes finais.

Porém, com as notícias de hoje, é possível imaginar que a Disney já tenha planos de não liberar os filmes e fazer um novo reboot seguindo o padrão da empresa. Contudo, nada foi confirmado sobre o cancelamento ou sobre planos de uma nova franquia dos X-Men.

Guardiões da Galáxia: James Gunn é demitido e não tem mais relações com a Marvel

O diretor não têm mais relações comerciais com a Disney ou Marvel e não será responsável pela direção de Guardiões da Galáxia vol. 3

Após ser alvo de uma polêmica envolvendo piadas sobre estupro e pedofilia publicadas em seu Twitter, o diretor da franquia de Guardiões da Galáxia, James Gunn, foi demitido pela Disney e Marvel Studios.

Os tweets são do período de 2008 à 2011 e contém conteúdo ofensivo. O diretor se defendeu afirmando que seu humor melhorou com o tempo e pediu desculpas por ter ofendido e machucado com suas piadas.

“Muitas pessoas que seguiram minha carreira sabem quando eu comecei, eu me vi como provocativo, fazendo filmes e contando piadas que eram ultrajantes e tabus. Como eu tenho discutido publicamente muitas vezes, como eu me desenvolvi como pessoa, meu trabalho e meu humor também se desenvolveu”.

Você pode conferir alguns dos tweets de James Gunn aqui, mas avisamos que eles são extremamente ofensivos.

“A melhor coisa sobre ser estuprado é quando o estupro acaba e é tipo “oba, não ser estuprado é ótimo!” Gunn tweetou em fevereiro de 2009.

“Eu me lembro da minha primeira reunião de NAMBLA. Foi a primeira vez que me senti OK em ser quem eu sou” Disse em outro tweet, se referindo ao notório grupo de reuniões para pedófilos.

Enquanto seu nome alcançava o trending topics do Twitter, Gunn ainda tentou se justificar dizendo:

“Meus dias dizendo algo só porque é chocante e tentando conseguir uma reação das pessoas terminaram. Eu costumava fazer muitas piadas ofensivas. Não o faço mais. Eu não culpo o meu eu do passado por isso, mas eu gosto de mim mesmo mais e me sinto como um ser humano e criador melhor hoje em dia”.

Após o pedido de desculpas o seu site pessoal e twitter foram deletados, mas o estrago já estava feito. O diretor da Walt Disney Studios, Alan Horn, declarou que o estúdio não está mais ligado à Gunn.

“As atitudes e declarações ofensivas descobertas no feed do Twitter de James são indefensáveis e inconsistentes com os valores do nosso estúdio, e nós rompemos nosso relacionamento comercial com ele”.