Dia do sexo: 5 cenas de sexo que mudaram a vida dos personagens (e dos fãs)

  • Com colaboração de Julia Benatti

Se tem uma coisa que faz o coração do telespectador bater mais forte é uma boa cena de sexo. Romances, ação ou terror, não importa o gênero, na maioria das produções alguma hora um casal irá demonstrar sua paixão. As vezes o sexo só faz parte do enredo, feito para chocar o público ou agradar quando trata de algum casal muito popular. Outras vezes essas cenas vêm para ser uma ruptura na vida dos personagens e mudar a forma como eles lidam com suas vidas.

Pensando nisso, escolhemos cinco cenas que impactaram não só os fãs, mas também a vida dos personagens.

– Black Mirror – Be right back

(2ª temporada, ep. 1. Direção: Owen Harris)

tumblr_olcj01cEsX1tqkn68o1_250

Vemos o romance de Martha (Hayley Atwell) e o robô Ash (Domhnall Gleeson) se desenvolver, imaginando como será o futuro da humanidade quando dizer o “adeus” definitivo não for mais necessário. Tudo parece bonito demais, simples demais, até Martha e o novo Ash terem relações sexuais pela primeira vez e ela perceber que aquele não é o seu marido, apenas um reflexo de quem ele era.

A partir disso, Martha passa a ver o robô Ash como uma imitação barata do homem que ela amou, sem qualquer tipo de complexidade que um ser humano teria. Isso acaba por fazê-la odiar o robô, mas não o bastante para destruí-lo.

– Grey’s Anatomy – Brave New World

(5ª temporada, Ep. 4. Direção: Eric Stoltz)

maxresdefault

Apesar de não ser um dos casais favoritos dos fãs de Grey’s Anatomy, o romance ente Callie Torrez (Sara Ramirez) e Erica Hahn (Brooke Smith) tem seu ápice nesse episódio. É nele que acontece um grande passo na evolução amorosa de Callie uma das personagens favoritadas da série.

Callie tem sua primeira relação sexual com uma mulher e a gente acompanha toda a sua descoberta como bissexual. Apesar do romance durar muito pouco com a saída da personagem da Hahn, essa história foi muito marcante tanto na história quanto para o público.

Não era de se esperar que a personagem que sempre se acreditou heterossexual teria um relacionamento de primeira com alguém do mesmo sexo sem alguns passos incertos. A sua primeira vez é péssima!!! E isso só vai ser resolvido no 6º episódio da temporada depois de uma longa conversa entre as  personagens que deixa a Callie mais confortável para se abrir a nova experiência.

O relacionamento ente Callie Torrer e Erica Hahn é o que dá a carga emocional e experiência para a personagem entrar em um dos relacionamentos mais famosos da série com a Arizona Robbins (Jessica Capshaw) e que, apesar do seu fim, ainda é muito lembrado pelos fãs. #Calzona

– Friends – The one with Ross’s wedding – Parte 2

(4ª temporada, Ep. 24. Direção: Kevin Bright)

friends-monica-chandler-engagement-friends-fest.jpg

Se tem uma cena de sexo (ou pós) que fez mudar tudo em uma série, foi quando vimos que Chandler e Mônica tinham transado. O resto do grupo ainda levaria muito tempo para descobrir e o episódio em que a verdade sai à tona ainda é um dos melhores de todos os tempos. Mas não tem como comparar com a surpresa que foi quando os dois saíram de debaixo dos cobertores.

Mesmo assim, não seria possível imaginar como esse relacionamento mudaria a dinâmica do grupo, tornando-os o casal mais querido de Friends.

– Outlander – The Wedding

(1ª temporada, ep. 7. Direção: Anna Foerster)

Considerado por muitos como o melhor episódio da temporada, esse é também um dos grandes acontecimentos que sustentam a série inteira.

Até o casamento de Claire (Caitriona Balfe) e Jamie (Sam Heughan), a inglesa se mantinha leal ao seu primeiro marido, Frank (Tobias Menzies). Mas a necessidade de um casamento às pressas e a falta de paixão – pelo menos relevada – não destruiu todo o romance da cena. A noite de núpcias de Claire e Jamie marcou o clima do que seria todo o relacionamento do casal, evidenciando sua conexão e amor recíproco.

– Game of Thrones – The Kingsroad

(1ª temporada, ep. 2. Direção: Tim Van Petten)

11-1461340626

Antes de Daenerys se tornar a rainha dos dragões, ela era subjulgada pelo seu marido Khal Drogo (Jason Momoa), que a via praticamente como uma escrava. Após pedir a ajuda de sua aia para conquista-lo, Daenerys passa a assumir o controle na cama.

A cena não só muda totalmente a relação entre Drogo e Daenerys, mas também nos dá um gostinho da mulher poderosa e corajosa que veríamos ao longo da série. Ainda que tenham começado de um modo no mínimo questionável, até hoje o Khal e sua Khaleesi são lembrados como um dos casais mais queridos de Game of Thrones.

 

 

Autor: Thaís Eleutério

Internacionalista, comunicadora, virginiana e completamente apaixonada por livros e séries.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s